Agendamento de biometria para eleições 2022

Atualizado em

O agendamento de biometria é um jeito fácil e prático de estar em dia com a Justiça Federal. Para facilitar o atendimento algumas cidades pedem que o eleitor faça o agendamento da biometria diretamente no site do TRE – (Tribunal Regional Eleitoral). Para verificar se é preciso fazer o agendamento da biometria é preciso verificar no TRE da sua região.

O Projeto de Identificação Biométrica da Justiça quer implantar a identificação e verificação biométrica da impressão digita nos eleitores de todo o país.

Com o objetivo de que o eleitor seja único no cadastro eleitoral. E que, ao se apresentar para o exercício do voto, seja o mesmo quem se habilitou no alistamento eleitoral. Evitando assim, casos de falsidade ideológica e fraude nas eleições 2022.

Agendamento de biometria para eleições 2022

Como tudo começou!

Tudo começou em 2008 quando foi realizado um O projeto piloto envolvendo pouco mais de 40 mil eleitores nos municípios de Colorado do Oeste (RO), São João Batista (SC) e Fátima do Sul (MS). Tanto o cadastramento biométrico quanto o reconhecimento das digitais durante as eleições foram um sucesso.

A ideia deu certo e nas eleições de 2018 87.363.098 eleitores estavam aptos a votar por meio da identificação biométrica. Isso significa que 59,31% dos 47.306.275 eleitores de2.793  municípios já faziam parte do cadastramento biométrico.

Agendamento biométrico chega para facilitar o atendimento

O projeto que começou em cidades pequenas viu uma dificuldade ao chegar em capitais, isso porque a quantidade de pessoas era bem maior. O que gerava filas, transtornos, irritação e manchava a imagem da biometria.

É muito mais complicado, por exemplo, para um eleitor de São Paulo que precisa enfrentar o trânsito caótico fazer o cadastramento. Do que para alguém de uma cidade do interior. Onde não há filas no trânsito e os horários são bem mais flexíveis.

Pensando nisso, a Justiça Eleitoral resolveu usar a tecnologia para facilitar a vida das pessoas e criou o agendamento biométrico. Assim o eleitor pode entrar no site do TER da sua região, agendar o horário que deseja fazer a biometria e comparecer no horário marcado. O processo é feito de forma rápida e prática, sem filas enormes que geram grande espera.

Como é feito o cadastramento biométrico?

equipamentos para biometria

O cadastramento biométrico dura cerca de 15 minutos. Esse é um processo que envolve acoleta das impressões digitais, fotografia e assinatura digitalizada. Para fazer o procedimento são necessários os seguintes equipamentos:

Scanner de impressões digitais, Câmera fotográfica com flash auxiliar, Pad para coleta de assinatura digitalizada, Fundo refletivo para coleta de fotografia, Maleta para acondicionamento dos aparelhos e um Notebook ou computador com software de captura biométrica.

Em resumo, o primeiro passo é o eleitor coloca o dedo no scanner para colher as impressões digitais. Em seguida, ele se posiciona para fazer a fotografia digital que ficará no título. A câmara possui um flash auxiliar para melhorar a resolução e garantir que a foto saia perfeita. Em seguida o servidor faz a coleta de dados da assinatura digitalizada em um Pad. E para finalizar a assinatura digital é armazenada em um computador. A máquina já possui um software próprio para fazer a captura biométrica.

Pronto em cerca de 15 minutos o processo está finalizado. E o eleitor pode ir para casa com a sensação do dever cumprido.

Passo a passo para agendar o cadastramento biométrico

Agendar o cadastramento biométrico é um processo realmente simples que leva apenas alguns minutos. E vai evitar muitas filas. Em cidades pequenas geralmente não há a necessidade do agendamento já que não tende a haver tantas filas para fazer o procedimento. Agora em capitais o agendamento geralmente é obrigatório.

Fazer o agendamento é simples, e você só vai precisar de um pouco de tempo e um computador, notebook ou smartphone com acesso à internet.

O primeiro passo é acessar o site do TRE da sua região para verificar se a sua cidade precisa de agendamento para fazer a biometria. Para isso, basta ir na opção ‘cadastramento biométrico’.

cadastramento biométrico

O próximo passo é digital o CEP do seu endereço residencial. Automaticamente, você já vai ser direcionado para agendar a sua biometria. Depois é só preencher os dados básicos que são solicitados e finalizar o agendamento. Tudo pode ser feito em menos de 5 minutos.

Lembrando que as cidades que possuem agendamento esse é um processo obrigatório, ou seja, você deve sempre agendar a seu cadastramento antes de ir até o cartório eleitoral.

Links para uns TRE regional. Confira.

É possível adiantar a biometria?

O eleitor de qualquer um dos mais de 5 mil municípios brasileiros pode fazer a sua biometria. Não precisa para isso que esse seja um processo obrigatório. A biometria é feita em cerca de 15 minutos, é algo rápido, prático e que pode evitar fraudes eleitorais.

Fazendo o processo de biometria mesmo quando não é obrigatório na sua cidade você evita filas, e colabora com a maior festa da democracia.

Quando o governo torna obrigatório o processo de biometria em determinados municípios a tendência é que haja filas o que pode fazer com que um processo de 15 minutos dure 2hs ou mais em função da espera para fazer o procedimento.

As pessoas tendem a correr para os cartórios eleitorais, pois quem não faz a biometria no ano em que é obrigatório em determinado município, não consegue votar. Caso no seu município a biometria não seja obrigatória, você não precisa fazer o processo naquele ano.

Mas se optar por de fato fazer a biometria vai estar poupando o seu tempo, o dos colaboradores do cartório e ajudando a evitar fraudes nas eleições 2022.

Como funciona o agendamento de biometria

Esse ano revisão biométrica é obrigatória em abrange 755 municípios de todo o país. Destes 478 municípios são paulistas. Em São Paulo o processo iniciou no dia 4 de fevereiro de 2019.

No Estado de São Paulo é obrigatório fazer o agendamento de biometria para poder realizar o atendimento, para assim, evitar que os eleitores fiquem em filas.

Os eleitores dos 478 municípios devem cadastrar a biometria no prazo definido, sob pena de ter o título cancelado.

Já no Rio de Janeiro apenas os eleitores de 5 cidades precisam fazer o recadastramento biométrico obrigatoriamente este ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *